ByteDance, dona do TikTok, vê crescimento de receita desacelerar em 2021

Números foram divulgados a um pequeno grupo de funcionários em uma reunião interna da gigante da mídia social nesta semana

Celular com logo do TikTok
Celular com logo do TikTok Shutterstock

Por Yingzhi Yang e Xie Yu, da Reuters

Ouvir notícia

A ByteDance, proprietária do TikTok, viu sua receita total crescer 70% ano a ano, para cerca de US$ 58 bilhões em 2021, de acordo com dois especialistas, um crescimento mais lento do que no ano anterior, à medida que a China endurece fiscalização sobre grandes empresas de tecnologia.

Os números foram divulgados a um pequeno grupo de funcionários em uma reunião interna da gigante da mídia social nesta semana, segundo as fontes.

Em 2020, a receita total da empresa com sede em Pequim cresceu mais de 100%, para US$ 34,3 bilhões.

A ByteDance não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A companhia manteve a segunda posição no mercado de publicidade online da China no ano passado, com uma participação de 21%, de acordo com um relatório recente publicado pelo pesquisador Interactive Marketing Lab Zhongguancun.

A primeira posição ainda foi ocupada pelo gigante de comércio eletrônico Alibaba e o terceiro lugar ficou com a produtora de videogames Tencent, de acordo com o relatório.

O crescimento geral das vendas de anúncios online na China caiu para 9,3% em 2021, de 13,8% no ano anterior, diz o documento.

O site de notícias de tecnologia The Information em novembro passado informou que a receita da ByteDance em 2021 estava a caminho de aumentar cerca de 60%, para 400 bilhões de iuans (US$ 63,07 bilhões).

A ByteDance é uma das maiores empresas privadas de tecnologia do mundo, com negociações recentes no mercado secundário de private equity avaliando-a em cerca de 300 bilhões de dólares, informou a Reuters.

Além do TikTok, os outros aplicativos da ByteDance incluem seu equivalente chinês Douyin, o agregador de notícias Jinri Toutiao e a plataforma de streaming de vídeo Xigua.

Em 2021, os usuários gastaram aproximadamente US$ 2,3 bilhões no TikTok e na versão iOS do Douyin, um salto de 77% ano a ano, de acordo com o rastreador de aplicativos Sensor Tower.

 

Mais Recentes da CNN