China multa empresas de vendas de chips automotivos por aumentar preços

Regulador do país afirmou que continuará monitorando preços em meio a uma escassez mundial de chips

Empresas pagarão um total de US$ 388.300 em multas
Empresas pagarão um total de US$ 388.300 em multas REUTERS/Thomas Peter

Yilei SunBrenda Gohda Reuters

Ouvir notícia

O regulador do mercado da China disse nesta sexta-feira (10) que multou três empresas de vendas de chips automotivos por elevar os preços, em um movimento para ajudar a produção de automóveis no maior mercado de veículos do mundo.

A Administração Estatal de Regulamentações do Mercado disse em seu site que multou três empresas locais em um total de 2,5 milhões de iuanes (US$ 388.300). As empresas são Shanghai Chengsheng Industrial, Shanghai Cheter e Shenzhen Yuchang Technologies.

O regulador disse que continuará monitorando de perto o preço na indústria de chips e a repressão aos comportamentos ilegais do mercado para manter a ordem do mercado.

A escassez de chips mundial prolongada afetou grandes montadoras, incluindo Ford Motor, Honda Motor, General Motors e Volkswagen, forçando muitos a desacelerar ou suspender a produção.

Mais Recentes da CNN