Arezzo tenta comprar controle da Hering, mas empresa catarinense rejeita oferta

Segundo a Hering, a proposta 'não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia'

Fernando Nakagawada CNN

Ouvir notícia

A varejista têxtil Hering recebeu uma proposta de compra do controle da empresa pela Arezzo. A informação foi divulgada na noite desta quarta-feira (14) pela empresa catarinense de têxteis. 

Em comunicado ao mercado, a empresa com sede em Blumenau diz que “recebeu uma carta não solicitada da Arezzo” com a proposta para a fusão das duas empresas. Não foram divulgados detalhes da oferta.

Segundo o comunicado, o Conselho de Administração da Hering analisou os detalhes e decidiu, por unanimidade, em reunião realizada nesta quarta-feira rejeitar a proposta. A Hering informa que a oferta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”.

Vista de loja da Cia. Hering, em São Paulo
Vista de loja da Cia. Hering, em São Paulo
Foto: Aluísio Alves/REUTERS

 

A empresa de Santa Catarina reafirmou o plano estratégico que vai combinar marcas, expansão e integração de canais.

A Arezzo não divulgou detalhes sobre a proposta, nem comunicado ao mercado. O CNN Business procurou a empresa de calçados, mas não obteve resposta até a publicação deste texto. 

Recentemente, a Arezzo comprou o controle da grife Reserva e estreou no segmento têxtil.

Mais Recentes da CNN