Déficit do governo central em julho atinge R$ 19,8 bilhões

No acumulado de janeiro a julho, o déficit é de R$ 73,432 bilhões

Moedas de um real
Moedas de um real 15/10/2010REUTERS/Bruno Domingos

da Reuters

Ouvir notícia

O secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, disse que, sem as despesas do governo com a pandemia do Covid-19, o Governo Central (Tesouro Nacional, Banco Central e INSS) teria um déficit acumulado de janeiro a julho de R$ 3 bilhões, “muito próximo de zero”.

Em coletiva para divulgar o resultado de julho, quando foi registrado um déficit de R$ 19,829 bilhões, Bittencourt ressaltou ainda que o saldo não foi tão bom como nos primeiros meses de 2021, mas bem melhor do que julho do ano passado, quando foi negativo em R$ R$ 87,886 bilhões, com grande impacto de gastos e renúncias de receitas por conta da pandemia do coronavírus.

No acumulado de janeiro a julho, o déficit é de R$ 73,432 bilhões, frente a R$ 505,232 bilhões em igual período de 2020, ano que foi marcado por despesas recordes por conta do enfrentamento à pandemia de Covid-19.

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN