Dona da 99 no Brasil, chinesa DiDi vai listar ações em Nova York

Companhia definiu um valor de referência de US$ 4,6 bilhões para o IPO

Bicicletas do serviço de transporte por aplicativo da chinesa DiDi
Bicicletas do serviço de transporte por aplicativo da chinesa DiDi Foto: REUTERS/Thomas Peter

Niket Nishant, da Reuters

Ouvir notícia

A DiDi Global, maior empresa chinesa de transporte por aplicativo, afirmou em documento nesta quinta-feira que será listada na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse). No Brasil, a empresa é dona do aplicativo de corridas 99, que adquiriu em 2018.

A empresa disse que oferecerá 288 milhões de American Depositary Shares (ADSs) em sua oferta inicial de ações (IPO). Quatro ADSs representarão uma ação ordinária Classe A.

Apoiado pelas maiores empresas de investimento em tecnologia da Ásia, SoftBank, Alibaba e Tencent, a DiDi está se preparando para o que se espera que seja o maior IPO do mundo neste ano.

A DiDi definiu um valor de referência de US$ 4,6 bilhões para o IPO, que pode movimentar até US$ 10 bilhões quando forem definidos os termos. Goldman Sachs (Ásia), Morgan Stanley e JPMorgan são os principais subscritores do IPO.

 

Mais Recentes da CNN