Easynvest lança empréstimo de R$ 1 mil com garantia de investimentos

A novidade marca a estreia da corretora no segmento de crédito. As taxas custam a partir de 1,5% ao mês e prazo de pagamento de até 36 meses

Easynvest: 20% dos mais de 1,5 milhão de clientes da corretora têm algum tipo de empréstimo, dos quais 40% são créditos considerados caros, como rotativo do cartão de crédito e cheque especial
Easynvest: 20% dos mais de 1,5 milhão de clientes da corretora têm algum tipo de empréstimo, dos quais 40% são créditos considerados caros, como rotativo do cartão de crédito e cheque especial Foto: Pedro Moleiro/Easynvest/Divulgação

Natália Flach,

do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

A corretora Easynvest fez a sua estreia no mundo do crédito, nesta sexta-feira (25), sem deixar os investimentos de lado. Os empréstimos partem de R$ 1 mil com taxa de 1,5% ao mês e até 36 meses para pagar, desde que o tomador dê os seus investimentos como garantia.

Na prática, funciona assim: o cliente tem crédito pré-aprovado de até 75% do valor que ele tem aplicado em renda fixa e 50% do que está investido em renda variável. Depois de 45 dias de atraso, a garantia é acionada.

“Proporcionamos aos nossos clientes taxas mais atrativas, a preço de crédito consignado, com o foco em substituir um crédito caro, como rotativo de cartão e cheque especial, por uma alternativa mais barata”, diz Ramon Martinez Neto, responsável pela área de crédito da Easynvest, em nota.

Leia também:
Nubank achou o caminho do lucro? Para fundadores, Easynvest pode ser um atalho
Corretagem zero: para onde vai o mercado das corretoras de investimento

De acordo com pesquisa da Easynvest, 20% dos mais de 1,5 milhão de clientes da corretora têm algum tipo de empréstimo. Deste montante, 40% possuem créditos considerados caros, como rotativo do cartão de crédito ou cheque especial.

“É um volume significativo e que indica um potencial de crescimento enorme, a partir de alternativas mais baratas que muitas vezes não chegam a este público”, diz Neto. 

Desde de agosto, a funcionalidade vem sendo testada com 10 mil clientes. Ao todo, foram concedidos R$ 430 mil, dos quais 46% foram de até R$ 2 mil. 

A nova área chamada de Easycred foi viabilizada graças à parceria com a plataforma de crédito Captalys. “Trabalhamos para que nossos parceiros possam ter produtos de crédito diferenciados que melhor atendam as necessidades dos seus clientes”, disse Margot Greenman, CEO da Captalys, em nota.

A expectativa é que o serviço ganhe robustez após a provável aprovação da compra da Easynvest pelo Nubank pelos órgãos reguladores — Banco Central e Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). 

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Tópicos

Mais Recentes da CNN