Etanol é menos competitivo do que gasolina em todos os estados e no DF, diz ANP

Na média dos postos pesquisados no país, o etanol não está competitivo, com paridade de 76,63% ante a gasolina

Funcionário de posto de gasolina abastece carro em São Paulo
Funcionário de posto de gasolina abastece carro em São Paulo Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Por Augusto Decker, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 O etanol foi menos competitivo em relação à gasolina em todos os Estados do país e no Distrito Federal na última semana, conforme levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) compilado pelo AE-Taxas.

Os critérios consideram que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Na média dos postos pesquisados no país, o etanol não está competitivo, com paridade de 76,63% ante a gasolina.

A safra 2021/22 de cana-de-açúcar no Centro-Sul do Brasil atrasou em decorrência do tempo seco, o que contribui para a oferta restrita do biocombustível.

Mais Recentes da CNN