Facebook diz que vai desativar reconhecimento facial por “falta de regras claras”

Anúncio vem enquanto o Facebook está sob intenso escrutínio de reguladores e legisladores sobre a segurança do usuário e uma ampla gama de abusos em suas plataformas

Tecnologia de reconhecimento facial
Tecnologia de reconhecimento facial Foto: Mike MacKenzie - Flickr

Do CNN Brasil Business*

Ouvir notícia

O Facebook anunciou nesta terça-feira (2) que seu sistema de reconhecimento facial deixará de funcionar. Desta forma, as pessoas que ativaram a ferramenta não serão mais reconhecidas automaticamente em fotos e vídeos.

Segundo a rede, serão excluídos mais de um bilhão de modelos de reconhecimento facial individual — ou mais de um terço dos usuários ativos do Facebook. A companhia diz que mudança é a maior já feita no segmento de reconhecimento facial na história da tecnologia.

“Precisamos pesar os casos de uso positivos para reconhecimento facial com as crescentes preocupações da sociedade, especialmente porque os reguladores ainda precisam fornecer regras claras”, disse a rede em nota.

A rede ressalta ainda que a mudança afetará o Texto Alternativo Automático (AAT), que cria descrições de imagem para cegos e deficientes visuais. “Após essa alteração, as descrições de AAT não incluirão mais os nomes de pessoas reconhecidas nas fotos, mas funcionarão normalmente de outra forma”, diz em nota.

A remoção será implementada globalmente e deve ser concluída até dezembro.

O anúncio vem enquanto o Facebook está sob intenso escrutínio de reguladores e legisladores sobre a segurança do usuário e uma ampla gama de abusos em suas plataformas.

(Com Reuters / Publicado por Ligia Tuon)

Mais Recentes da CNN