Fundadores do Google se tornam centibilionários ao lado de Gates e Bezos

Fortuna de Larry Page e Sergey Brin supera US$ 100 bilhões — tudo graças à alta das ações de tecnologia

Larry Page e Sergey Brin se tornaram centibilionários
Larry Page e Sergey Brin se tornaram centibilionários Foto: James Leynse/Corbis/Getty Images

Tamires Vitorio, do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Larry Page e Sergey Brin, os fundadores do mecanismo de pesquisa mais famoso do mundo todo, o Google, se tornaram os mais novos integrantes da seleta lista de centibilionários, que agora conta com oito nomes.

A fortuna dos cofundadores superou a marca de US$ 100 bilhões — graças à valorização das ações de tecnologia. A Alphabet, controladora do Google, por exemplo, viu os seus papéis avançarem 80% no ano passado.  

Enquanto Page tem um patrimônio total de US$ 103,6 bilhões, Brin possui US$ 100,2 bilhões, segundo o índice de bilionários da Bloomberg. Em um ano, Brin viu a sua fortuna crescer US$ 20,4 bilhões, enquanto a riqueza de Page aumentou US$ 21,2 bilhões. 

A dupla de bilionários é controla a Alphabet, empresa que teve uma receita acima de US$ 46,43 bilhões no quarto trimestre do ano passado. Ambos têm mais de 50% no total de votos da empresa, que é avaliada em US$ 1,52 trilhão. 

A lista dos centibilionários

Page e Brin não estão sozinhos na lista dos centibilionários. Fazem parte do grupo o CEO da Amazon e homem mais rico do mundo, Jeff Bezos; o excêntrico “tecnorei” da Tesla, Elon Musk; o cofundador da Microsoft Bill Gates; o CEO da LVMH, Bernard Arnault; o CEO do Facebook Mark Zuckerberg e, por fim, o CEO da Berkshire Hathaway e megainvestidor Warren Buffett.

Juntos, os oito centibilionários têm uma fortuna estimada em mais de US$ 1 trilhão — o que é quase equivalente ao PIB do estado de Nova York em 2018, de US$ 1,7 trilhão. 

Mais Recentes da CNN