Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    GM produzirá linha própria de sistemas e motores para carros elétricos

    A mudança segue iniciativas da GM sobre baterias de próxima geração e ocorre enquanto a montadora busca construir um negócio de carros elétricos integrado

    Engenheiros da GM testam a unidade 'Ultium Drive', para produção de veículos elétricos
    Engenheiros da GM testam a unidade 'Ultium Drive', para produção de veículos elétricos foto-jeffrey-sauger-general-motors

    Norihiko Shirouzu, da Reuters

    Ouvir notícia

    A General Motors deve anunciar nesta quarta-feira (16) planos para produzir uma linha intercambiável de sistemas e motores de acionamento de veículos elétricos (EVs), aumentando a eficiência à medida que avança para uma linha totalmente elétrica.

    A mudança segue iniciativas da GM sobre baterias de próxima geração e ocorre enquanto a montadora busca construir um negócio de carros elétricos integrado, comparável ao da Tesla.

    De acordo com um comunicado da GM visto pela Reuters, a montadora deve anunciar que desenvolveu e planeja produzir suas próprias cinco unidades de acionamento intercambiáveis e três motores, que chama de sistema “Ultium Drive”.

    Leia também:
    GM avalia entrar no mercado de ‘carros voadores’, dizem fontes
    Tesla lança estação para carregar carros elétricos em apenas 5 minutos

    A GM disse que seus novos sistemas de transmissão terão uma saída de energia versátil para permitir que sejam usados com veículos incluindo picapes e veículos de alto desempenho.

    Adam Kwiatkowski, engenheiro-chefe global da GM de propulsão elétrica, disse que ao projetar seus próprios sistemas, a montadora pode integrá-los melhor com a bateria de um EV e com o resto do carro. Os eixos combinam engrenagem, motor e eletrônica de potência num único sistema e ajudam converter a eletricidade das baterias de forma eficiente para impulsionar o veículo.

    A GM “projetou essas unidades simultaneamente com uma estratégia completa de veículos elétricos que preenchem nosso portfólio”, disse Kwiatkowski à Reuters na semana passada.

    Outros benefícios incluem o tamanho, levando a um trem de força menor e mais espaço para os passageiros, e também gera uma resposta motora mais espontânea, afirmou.

    A nova tecnologia destaca o esforço da GM para se transformar e alcançar a Tesla, cujas ações saltaram mais de 400% este ano, conforme reportou resultados melhores.

    A GM ainda considerará a compra de unidades de acionamento e componentes de fornecedores em alguns casos, disse o porta-voz da empresa, Phil Lienert.

    Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

    Mais Recentes da CNN