Hyundai desenvolve chip próprio para usar em um de seus carros

A escassez de chips forçou montadoras a paralisar a produção e reduzir expedientes, preocupadas que a crise

Hyundai
Hyundai REUTERS

da Reuters

Ouvir notícia

A sul-coreana Hyundai planeja usar um chip que ela própria desenvolveu para um dos seus próximos veículos ano que vem, segundo o Seoul Economy Daily publicou nesta sexta-feira (3).

A Hyundai, que junto com a afiliada Kia está entre as 10 maiores montadoras do mundo em vendas, planeja desenvolver um chip de potência baseado em tecnologia de carboneto de silício, afirmou o jornal, citando fonte não identificada da indústria.

A escassez de chips fabricados por empresas de semicondutores, devido à pandemia e problemas de produção em fábricas de chips, forçou montadoras a paralisar a produção e reduzir expedientes, preocupadas que a escassez continue.

O centro de pesquisa da Hyundai e a sua afiliada de partes automotivas Hyundai lideraram o processo de design do chip e cooperaram com várias empresas, incluindo a fabricante de chips de sistema Magnachip, disse o jornal.

“Queremos aplicar nosso chip de potência desenvolvido internamente a um novo carro que será lançado no segundo trimestre do próximo ano”, afirmou uma autoridade anônima da Hyundai Motor ao jornal, sem nomear o veículo.

O Seoul Economy Daily disse que o novo modelo que adotará o chip pode ser o Ioniq 6, carro elétrico da Hyundai que deve ser lançado no próximo ano. A Hyundai disse ao jornal que a data da produção do chip ainda não foi decidida.

A Hyundai Motor não comentou o assunto de imediato.

Em junho, a Reuters publicou que a Hyundai e suas afiliadas estavam discutindo com empresas locais de chip para reduzir sua dependência em fornecedores estrangeiros.

(Reportagem de Heekyong Yang)

 

Mais Recentes da CNN