IBM lança computação em nuvem para operadoras de telefonia de olho nas redes 5G

Empresa buscou a Nokia e a Samsung como parceiras

Supantha Mukherjee,

da Reuters

Ouvir notícia

IBM

IBM: colaboração, não competição, é o caminho a seguir
Foto: Reuters/Sergio Perez

A IBM se tornou nesta quinta-feira a mais recente empresa de tecnologia dos Estados Unidos a lançar uma plataforma de computação em nuvem focada em operadoras de telecomunicações que implantam redes 5G e buscou a Nokia e a Samsung como parceiras.

Uma plataforma em nuvem usa software em vez de equipamento físico para realizar funções de rede, ajudando as operadoras de telecomunicações a montar redes 5G mais rapidamente, reduzir custos e vender serviços personalizados a clientes empresariais.

Leia também:
Roubo de dados bancários aumenta 80% durante pandemia; saiba como se proteger
Xiaomi ganha participação no mercado de smartphones no 3° tri, mostra pesquisa

Microsoft e Amazon já lançaram plataformas próprias de computação em nuvem para operadoras de telecomunicações.

“Colaboração, não competição, é o caminho a seguir, já que os clientes vão consumir mais de um provedor de serviços de computação em nuvem, seja Amazon ou Microsoft”, disse Howard Boville, vice-presidente sênior da IBM.

Sob seu novo presidente-executivo, Arvind Krishna, a IBM está se dividindo em duas empresas listadas para se concentrar em negócios de computação em nuvem de alta margem.

Antes de se tornar presidente em abril, Krishna dirigia os negócios de computação em nuvem da IBM e foi o principal arquiteto por trás da aquisição da produtor dde software Red Hat, por 34 bilhões de dólares, no ano passado.

Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

Tópicos

Mais Recentes da CNN