IPC-Fipe sobe 0,79% em dezembro e termina 2020 com avanço de 5,62%

O resultado de 2020 ficou bem acima do que foi registrado em 2019, quando o IPC-Fipe acumulou alta de 4,40%

Preço dos alimentos acumula alta de 25% no ano (08.dez.2020)
Preço dos alimentos acumula alta de 25% no ano (08.dez.2020) Foto: Reprodução/CNN

Reuters

Ouvir notícia

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo registrou alta de 0,79% em dezembro e encerrou 2020 com avanço acumulado de 5,62%, informou nesta quinta-feira (7),  a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

O resultado de 2020 ficou bem acima do que foi registrado em 2019, quando o IPC-Fipe acumulou alta de 4,40%.

Leia também:
‘Brasil quebrado’: veja situação das contas públicas e opinião de especialistas
Petrobras eleva preço do gás de cozinha em 6% a partir de quinta-feira
18,8 milhões de famílias sobrevivem sem renda do trabalho, mostra estudo do Ipea

No ano passado, os preços de Alimentação foram os que mais subiram, com uma alta de 16,12%. Na contramão, os custos de Vestuário apresentaram recuo de 3,10%

Por sua vez a leitura de dezembro apontou que o maior peso no índice do mês também foi exercido por Alimentação, após os preços subirem 2,08%.

O IPC-Fipe mede as variações quadrissemanais dos preços às famílias paulistanas com renda mensal entre 1 e 10 salários mínimos.

Mais Recentes da CNN