IPCA-15 cresce 0,02% no mês de março, de acordo com IBGE

Pouco movimento no comércio no centro de Campinas, interior de São Paulo, em consequência das restrições impostas para combater o coronavírus (Covid-19)
Pouco movimento no comércio no centro de Campinas, interior de São Paulo, em consequência das restrições impostas para combater o coronavírus (Covid-19) Foto: Luciano Claudino/Agência Estado

Do CNN Business*, em São Paulo

Ouvir notícia

Considerado a prévia da inflação oficial, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), subiu 0,02% em março, sobre a alta de 0,22% no mês anterior, conforme informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

O resultado, que é o menor para o mês de março desde o início do Plano Real (1994), foi puxado, principalmente, por setores como transporte e habitação. Cinco das onze regiões pesquisadas apresentaram deflação no período.

Estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados pelo Broadcast, do Grupo Estado, já esperavam desde uma queda de 0,04% a um avanço de 0,19%, com mediana positiva de 0,07%.

Com o número agora anunciado, o IPCA-15 acumulou um aumento de 0,95% no ano de 2020. A taxa em 12 meses ficou em 3,67%, de acordo com o IBGE. As projeções iam de avanço de 3,23% a 3,84%, com mediana de 3,72%.

*Com informações da Agência Estado e Reuters

Mais Recentes da CNN