Itaúsa vai investir mais R$ 1,2 bi na companhia de saneamento Aegea

Empresa foi uma das principais vencedoras do leilão que arrematou as áreas de atuação da Cedae, no Rio

Estaçao de Tratamento de Esgoto (ETE) Alegria, da Cedae
Estaçao de Tratamento de Esgoto (ETE) Alegria, da Cedae Foto: Cedae / Reprodução

Aluísio Alves,

da Reuters

Ouvir notícia

A Itaúsa, holding dona do Itaú Unibanco, informou nesta segunda-feira que fará um investimento adicional de R$ 1,2 bilhão na companhia de saneamento Aegea. A empresa foi uma das principais vencedoras do leilão que arrematou as áreas de atuação da Cedae, a estatal de água e esgoto do Rio de Janeiro.

Por meio de fato relevante, a Itaúsa explicou que operação foi acordada com os demais acionistas da Aegea e será feita por meio de um aporte de capital com emissão de ações preferenciais classe D da Aegea, conversíveis em ações ordinárias, e aporte de capital com emissão de ações preferenciais classe A com direito a voto em sociedades de propósito específico (SPEs).

Os aumentos de capital vêm após o consórcio com a Aegea, ter vencido o leilão para concessão dos Blocos 1 e 4 da companhia de saneamento fluminense Cedae, no fim de abril.

Com o novo investimento, a Itaúsa passará a deter 10,2% do capital votante da Aegea, sendo 34,57% das ações preferenciais classe D e 5,54% das ações preferenciais classe A das SPEs.

O conselho de administração da Itaúsa aprovou uma emissão de debêntures de R$ 2,5 bilhões, cujos recursos serão usados principalmente para o investimento na Aegea.

 

Mais Recentes da CNN