Latam tem novo destino doméstico e 10 novas rotas

Após essas inclusões, a Latam deve ultrapassar a média de 250 voos diários no Brasil e totalizar 91 rotas, em corrida para recuperar o fôlego de 2019

Avião da Latam se aproxima para pouso
Avião da Latam se aproxima para pouso Foto: Tania Rego/Agência Brasil

Mariangela Castro, do CNN Brasil Business, em São Paulo*

Ouvir notícia

A Latam Airlines Brasil começou a vender nesta semana passagens para um novo destino doméstico: Comandatuba, no litoral sul da Bahia. Foram incorporadas ainda mais dez novas rotas que vão aumentar a presença da companhia no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, e na região Nordeste.

Após essas inclusões, a Latam diz que deve ultrapassar a média de 250 voos diários no Brasil em junho e totalizar 91 rotas. O movimento é uma corrida para recuperar o fôlego de maio de 2019, período anterior à pandemia, em que 115 rotas eram oferecidas.

O destino de Comandatuba estava presente no portfólio da Latam apenas para voos charters, ou seja, que não eram regulares. Esse é o 45º destino nacional oferecido pela companhia.

Na última semana, a Latam iniciou a contratação de 750 novos tripulantes. Segundo a empresa, a procura por viagens áreas dentro do Brasil vem aumentando gradualmente com a expectativa de vacinação contra a Covid-19

“Há poucos dias dissemos que projetamos voltar a operar mais de 90% da nossa capacidade no Brasil até dezembro deste ano. Estamos avançando nesse sentido. Teremos mais turistas visitando o Nordeste e menos viajantes a negócios na ponte aérea Rio-São Paulo”, afirma Diogo Elias, diretor de vendas e marketing da Latam Airlines Brasil.

Atualmente, a Latam opera 49% da sua capacidade no Brasil, em comparação com o que operava em maio de 2019 (antes da pandemia). O volume já é superior ao de abril, quando a companhia operou 38% da sua capacidade no país.

Além disso, a rota São Paulo/Guarulhos-Cancún foi reinaugurada nesta sexta-feira (4), com dois voos semanais em junho e três voos semanais em julho. De acordo com a evolução da demanda, a operação pode ser estendida nos próximos meses, diz a empresa. 

Confira as novas opções:

Novo destino

São Paulo/Congonhas – Comandatuba: será um voo direto semanal a partir de 1º de agosto, operado com aeronaves Airbus A320, que acomodam 162 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. Os preços são partir de R$ 500 (ida e volta com taxas inclusas) ou 7.100 pontos (ida e volta, mais taxas).

Novas rotas

São Paulo/Congonhas – Fortaleza: serão 14 voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A319 e A320, que acomodam de 132 a 162 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 628,87 (ida e volta com taxas inclusas) ou 9.800 pontos (ida e volta, mais taxas).

São Paulo/Congonhas – Natal: serão sete voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A320neo, que acomodam 168 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 633,06 (ida e volta com taxas inclusas) ou 8.800 pontos (ida e volta, mais taxas).

São Paulo/Congonhas – Maceió: serão 11 voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus 320, que acomodam 162 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 589,89 (ida e volta com taxas inclusas) ou 9.600 pontos (ida e volta, mais taxas).

São Paulo/Congonhas – Recife: serão 10 voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A319 e A320, que acomodam de 132 a 162 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens  com preços a partir de R$ 574,19 (ida e volta com taxas inclusas) ou 8.500 pontos (ida e volta, mais taxas).

Rio de Janeiro/Galeão – Recife: serão 12 voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus 320, que acomodam 162 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 473,43 (ida e volta com taxas inclusas) ou 9.500 pontos (ida e volta, mais taxas).

Rio de Janeiro/Galeão – Natal:  serão sete voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A320 e A321, que acomodam de 162 a 208 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 512,30 (ida e volta com taxas inclusas) ou 13.800 pontos (ida e volta, mais taxas).

Rio de Janeiro/Galeão – Maceió: serão sete voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A320, que acomodam 162 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 489,13 (ida e volta com taxas inclusas) ou 6.600 pontos (ida e volta, mais taxas).

Fortaleza – Belém: serão sete voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A320 e A321, que acomodam de 162 a 208 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 508,87 (ida e volta com taxas inclusas) ou 6.100 pontos (ida e volta, mais taxas).

Fortaleza – Teresina: serão sete voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A320, que acomodam 162 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 261,14 (ida e volta com taxas inclusas) ou 4.300 pontos (ida e volta, mais taxas).

Fortaleza – Manaus: serão sete voos diretos por semana a partir de 1º de julho, operados com aeronaves Airbus A320 e A321, que acomodam de 162 a 208 passageiros em Economy e 8 em Premium Economy. As passagens estarão com preços a partir de R$ 568,87 (ida e volta com taxas inclusas) ou 7.300 pontos (ida e volta, mais taxas).

*Sob supervisão de Thâmara Kaoru

Tópicos

Mais Recentes da CNN