Mercado opera influenciado por prévia do PIB brasileiro e dados de varejo nos EUA

Morning Call, com Priscila Yazbek, destaca o que há de mais importante no radar da economia hoje

Priscila Yazbekdo CNN Brasil Business

Em São Paulo

Ouvir notícia

Os mercados operam nesta quarta-feira (16) de olho em dados da economia, como a prévia do PIB brasileiro.

No exterior, os futuros americanos abrem em leve queda. Investidores estão cautelosos sobre os dados de varejo que saem ainda hoje e também com temor sobre alta da inflação e juros pesando sobre o mercado.

Ainda nos Estados Unidos, o presidente americano, Joe Biden, assinou o pacote de infraestrutura de mais de US$ 1 trilhão. Apesar de significar mais dinheiro na economia e agradar o mercado, a notícia já estava no preço.

Destaque também para a reunião entre Biden e Xi Jinping, presidente da China. Foi a comunicação mais próxima entre os dois líderes desde que Biden assumiu o posto, em janeiro. Os dois fizeram declarações públicas, citando formas de evitar conflitos, mas pontuando pontos de tensão. Com o clima de cautela da reunião, os índices asiáticos fecharam em direção mista.

Na Europa, os índices sobem com dados de recuo da taxa de desemprego no Reino Unido e com Christine Lagarde, do Banco Central Europeu, dizendo que não vê as condições necessárias para alta de juros sendo atingidas em 2022.

Brasil

No cenário nacional, destaque para o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que acabou de falar em Portugal que o governo deveria “acenar com algum corte de gastos” e sinalizar com reformas estruturais.

Analistas avaliam que Campos Neto fala que está fazendo a parte dele, contendo juros num cenário de inflação alta aqui e lá fora. Outros enxergam até que ele tenta fazer uma fala minimizando a situação econômica.

Também saiu o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), que é como uma prévia do PIB. O PIB é trimestral e divulgado pelo IBGE, enquanto o e o IBC-Br é mensal e divulgado pelo Banco Central. O dado mostra que a economia caiu 0,27% em setembro. O resultado já era esperado depois dos dados negativos da indústria, comércio e dos serviços, e deve gerar onda de revisões no PIB.

Na política, o senador Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo e relator da PEC dos Precatórios, se reúne hoje com senadores para discutir a aprovação da proposta na Casa.

Mais Recentes da CNN