Com incertezas, Ibovespa tomba mais de 1% e dólar dispara acima dos R$ 5,30

Riscos políticos e fiscais seguem ditando o mau humor do mercado

Foto: Reuters/Lee Jae-Won

Leonardo Guimarães e Cleber Souza,

do CNN Brasil Business, em São Paulo

Ouvir notícia

Depois de abrir em queda, o dólar passou a disparar ante o real e encerrou a sessão desta quarta-feira (18) com alta de 1,99 %, cotado a R$ 5,374 por influência dos juros futuros. 

As taxas de DI dispararam nesta sessão, com alta de até 15 pontos-base e acima de 10% ao ano a partir de janeiro de 2027.

Já a Bolsa encerrou o pregão com sua terceria queda seguida na semana. Com os juros futuros subindo, tensão política e fiscal no radar. O Ibovespa caiu 1,07%, para 116.642,62 pontos.  

Nesta tarde, o Fomc divulgou ata da última reunião do banco central dos EUA. O documento  apresentou mais detalhes sobre o debate de quando encerrar os programas emergenciais da pandemia e sinalizar o nível de preocupação das autoridades com a inflação mais alta do que o esperado no país. 

Por aqui, o mercado ainda repercute a tensão entre os poderes da República e mais um adiamento da votação da reforma do Imposto de Renda na Câmara dos Deputados. A apreciação do texto foi adiada novamente nesta terça-feira para evitar uma derrota governista. 

Mais Recentes da CNN