Mercedes e GM dão férias coletivas por causa do coronavírus

Trabalhadores em linha de montagem de fábrica de automóveis em São Bernardo do Campo (13.AGO.2013)
Trabalhadores em linha de montagem de fábrica de automóveis em São Bernardo do Campo (13.AGO.2013) Foto: Nacho Doce/Reuters

Raquel Landimda CNN

Ouvir notícia

A Mercedes-Benz e a General Motors estão paralisando suas fábricas e dando férias coletivas aos funcionários. O objetivo é prevenir a disseminação do novo coronavírus.

Na Mercedez, as atividades param a partir do dia 25 de março e a previsão de retomada é no dia 22 de abril, a depender da situação da epidemia.

Na GM, as férias coletivas começam no dia 30 de março e não foi informada data para retomada. 

Além da prevenção contra a doença, as empresas precisam ajustar a produção em relação à demanda, que está em queda e evitar falta de peças

Tópicos

Mais Recentes da CNN