‘Messiverse’: Messi lança sua coleção de NFTs

Serão comercializadas quatro imagens do jogador argentino que está de saída do Barcelona após 17 anos no clube espanhol

O jogador de futebol Lionel Messi, que está saindo do Barcelona, após 17 anos
O jogador de futebol Lionel Messi, que está saindo do Barcelona, após 17 anos Foto: Manu Fernandez / Reuters

Wesley Santana, colaboração para o CNN Brasil Business

Ouvir notícia

O astro do futebol mundial Lionel Messi está saindo do Barcelona, mas já tem data para estrear no aquecido mercado de NFTs. No próximo dia 20, o craque, que já foi eleito seis vezes o melhor jogador do mundo, vai lançar sua primeira coleção de tokens não-fungíveis, que são imagens autenticadas digitalmente.

O anúncio foi feito por meio de suas redes sociais, na última semana, onde o atleta deu mais detalhes da coleção que foi nomeada de “Messiverse”. Ao todo, serão quatro imagens produzidas pelo artista australiano BossLogic que já fez trabalhos para Marvel e Disney.

 

A plataforma de NFTs Ethernity Chain, que vai comercializar os itens, revelou três das quatro critptoartes que estarão disponíveis ao público: “Homem do Futuro” que faz um retrato futurista de Messi com uma aparência robótica; “Vale o Peso” em que o jogador, em versão dourada, estará carregando uma bola de futebol; e “Peça do Rei” feita em design xadrez com Messi emoldurado por um anel de bolas de futebol.

“A arte também está evoluindo e a arte digital (NFT) é outra maneira de se conectar com os fãs. É por isso que estou feliz em lançar meu primeiro NFT oficial, graças aos esforços de BossLogic e Ethernity. Espero que os fãs gostem tanto quanto eu”, disse o astro argentino.

A novidade parece ter sido tão bem aceita que, desde o anúncio oficial, o valor de mercado da Ethernity Chain (ERN) subiu mais de 45%, alcançando o maior patamar dos últimos meses. Entre outros NFTs já lançados pela empresa está a coleção do brasileiro Anderson Silva, ex-lutador de UFC.

Saída do Barcelona

A saída de Messi foi confirmada na última quinta-feira (05) pelo Barcelona, que alegou “obstáculos estruturais” para a permanência do jogador que atuava há 17 anos no clube espanhol.

Segundo levantamento do CNN Brasil Business, com informações do Transfermarkt, o valor de mercado do atacante é de 80 milhões de euros (cerca de R$ 493 milhões), quase o dobro de Cristiano Ronaldo, por exemplo. No início da sua carreira, o passe de Messi valia cerca de 3 milhões de euros.

No último domingo (08), o jornal francês L’Equipe informou que o astro pode assinar com o Paris Saint-Germain e se juntar ao brasileiro Neymar. A troca de clube pode render um salário anual de 40 milhões de euros (R$ 246 milhões), além de um bônus de 30 milhões de euros pela assinatura do contrato.

Mais Recentes da CNN