Petrobras reduz o preço da gasolina a partir deste sábado (12)

Em nota, a Petrobras afirmou que busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais

Funcionário de posto de gasolina abastece carro em São Paulo
Funcionário de posto de gasolina abastece carro em São Paulo Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Fernanda Nunes, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

O litro da gasolina vendido nas refinarias da Petrobras vai ficar 2% mais barato (- R$ 0,05) a partir do sábado (12) conforme a empresa. A revisão foi anunciada nesta sexta-feira aos clientes. Com isso, o valor do litro passa de R$ 2,58 para R$ 2,53.

De acordo com a StoneX, com essa redução, o preço da Petrobras está abaixo do mercado internacional e não há oportunidade para outras empresas importarem o combustível.

A estatal utiliza a política de paridade internacional (PPI), na qual acompanha as variações do brent, negociado em Londres, o câmbio e os custos logísticos. Com isso, tende a se aproximar dos valores praticados pela concorrência, que traz os combustíveis de outros países para vender no Brasil.

“O câmbio disparou hoje e a gasolina está bem estável no mercado internacional. Era para a Petrobras aumentar o preço”, afirmou Thadeu Silva, especialista de petróleo da consultoria.

Em nota, a Petrobras afirmou que busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais. “Nossos preços seguem buscando o equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor dos produtos e da taxa de câmbio, para cima e para baixo”, afirma.

Em seguida, diz que os reajustes são realizados a qualquer tempo, sem periodicidade definida, de acordo com as condições de mercado e da análise do ambiente externo. “Isso possibilita a companhia competir de maneira mais eficiente e flexível”, complementa.

Tópicos

Mais Recentes da CNN