Preços dos SUVs mais vendidos em 2021 sobem mais do que a inflação; confira

Veja a comparação dos valores cobrados no lançamento dos modelos com os preços atuais

Thiago Morenocolaboração para o CNN Brasil Business

em São Paulo

Ouvir notícia

Não é mais segredo que os preços dos carros 0 km subiram nos últimos anos. Tanto que o carro mais barato do Brasil hoje já custa praticamente R$ 60 mil.

Com a demanda em alta e a oferta em baixa, além de pressões inflacionárias por conta da escassez de componentes e matérias-primas, o patamar dos valores cobrados foram elevados. E, além da situação atípica gerada pela pandemia, outros fatores estão fazendo com que os preços dos automóveis subam.

 

Entre eles está a maior exigência de equipamentos de segurança obrigatórios e menores níveis de emissões de poluentes. Modelos com câmbio automático estão se tornando mais populares, e a oferta de transmissão manual é cada vez mais rara dependendo do segmento.

Uma destas categorias é a dos SUVs. Entre os modelos mais vendidos, alguns até ofereciam câmbio mecânico no lançamento, mas a opção foi retirada com o tempo devido à falta de procura. Além disso, os utilitários esportivos estão entre os veículos mais procurados atualmente, mesmo que seus valores tenham avançado muito nos últimos meses.

Para ter uma ideia de quanto foi esse aumento, o CNN Brasil Business separou os cinco SUVs mais vendidos de 2021 e comparou o preço atual com o cobrado no lançamento, corrigido pela inflação, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) no período.

Foram consideradas as versões mais baratas de cada um, excluindo apenas as versões voltadas para PcD ou vendas diretas. Os reajustes podem ultrapassar 28% a inflação. Confira a lista:

Mais Recentes da CNN