Problemas de suprimento podem melhorar a partir de meados de 2023, diz presidente da Airbus

Executivo, porém, alertou que ninguém pode fazer tais projeções com certeza

Presidente-executivo da Airbus Guillaume Faury
Presidente-executivo da Airbus Guillaume Faury 18/01/2022REUTERS/Fabian Bimmer

da Reuters

Ouvir notícia

O presidente-executivo da Airbus, Guillaume Faury, espera que os gargalos da cadeia de suprimento diminuam a partir da metade de 2023, uma vez que crises semelhantes geralmente duraram de 12 a 18 meses no passado, disse ele durante evento nesta quinta-feira (23).

O executivo, porém, alertou que ninguém pode fazer tais projeções com certeza.

Na véspera, o presidente-executivo da Boeing, principal rival da Airbus, afirmou que espera a manutenção dos problemas até o final de 2023, já que o grupo tem uma cadeia de suprimentos grande e complicada.

Tópicos

Mais Recentes da CNN