Reino Unido oferecerá mais de 10 mil vistos temporários a trabalhadores estrangeiros

Medida foi adotada na tentativa de evitar interrupções na cadeia de abastecimento do país antes do Natal; há falta de motoristas de caminhão no país

Supermercados e agricultores alertam que uma falta de caminhoneiros está deixando as cadeias de suprimento à beira do colapso
Supermercados e agricultores alertam que uma falta de caminhoneiros está deixando as cadeias de suprimento à beira do colapso REUTERS/Peter Cziborra

Radina Gigovada CNN

Ouvir notícia

Até 10.500 motoristas de caminhão e avicultores receberão vistos temporários no Reino Unido em uma tentativa de evitar interrupções na cadeia de suprimentos antes do Natal, disse o governo em um comunicado.

Anteriormente, o governo do Reino Unido descartou a emissão de vistos para trabalhadores estrangeiros, mas relatórios do último sábado sugeriram que os ministros estavam planejando uma recuo.

De acordo com o comunicado do governo, 5 mil motoristas de veículos pesados e 5.500 avicultores foram incluídos no esquema de visto existente até o Natal de 2021 “para aliviar as pressões da cadeia de abastecimento nas indústrias de alimentos e transporte durante circunstâncias excepcionais neste ano.”

Até 4 mil pessoas serão treinadas como novos motoristas de veículos pesados “para ajudar a enfrentar a escassez de habilidades e apoiar mais pessoas a lançar carreiras no setor de logística”.

Quase 1 milhão de cartas serão enviadas a todos os motoristas que possuem uma licença para veículos pesados, “encorajando-os de volta à indústria “, disse o governo.

Escassez de trabalhadores

A escassez de trabalhadores é um problema crescente na Grã-Bretanha, que teve um recorde de 1 milhão de vagas de emprego entre junho e agosto, de acordo com o Office for National Statistics.

A escassez de caminhoneiros foi agravada pela pandemia e pelo Brexit, que resultou na saída de dezenas de milhares de cidadãos da UE de seus empregos no Reino Unido.

Vários setores foram afetados pela escassez de caminhoneiros, incluindo entrega de alimentos e combustível.

A Road Haulage Association do Reino Unido afirma que a Grã-Bretanha precisa de mais 100 mil motoristas para atender à demanda.

A falta de motoristas foi causada em parte pelo Brexit e pela Covid-19, e a perda de cerca de um ano de treinamento e testes para motoristas.

“Este governo continua a fazer tudo o que podemos para ajudar as indústrias de transporte e alimentos a lidar com a escassez de motoristas de veículos pesados”, disse o secretário de Transporte, Grant Shapps, em comunicado.

Mais Recentes da CNN