Renault revive modelos do passado para um futuro elétrico

A montadora aposta que uma versão elétrica de seu clássico carro compacto Renault 5, que foi descontinuado na década de 1990

Foto: Stephane Mahe/File Photo / Reuters

Gilles Guillaume,

da Reuters

Ouvir notícia

A Renault revelou uma estratégia mais ambiciosa para veículos elétricos (EVs) nesta quarta-feira, apostando em novas versões acessíveis de seus icônicos carros pequenos do passado.

O presidente-executivo da montadora francesa, Luca de Meo, disse que lançaria 10 novos EVs até 2025 e que os veículos totalmente elétricos representariam até 90% de seus modelos até 2030, deixando de depender de híbridos para atingir a meta de um plano anterior.

A Renault aposta que uma versão elétrica de seu clássico carro compacto Renault 5, que foi descontinuado na década de 1990, irá capturar a imaginação dos motoristas de hoje quando for colocado à venda no primeiro semestre de 2024.

Em uma apresentação transmitida ao vivo na quarta-feira, a empresa também ofereceu um breve vislumbre de seu novo “4ever” elétrico. Duas fontes próximas à empresa disseram que se tratava de um renascimento do hatchback Renault 4, que saiu de produção no século passado.

“Hoje é uma aceleração histórica da estratégia de EV do Grupo Renault”, disse de Meo em um comunicado.

Ele afirmou que as novas plataformas de carros elétricos construídas sob medida e um conjunto de locais de produção no norte da França permitiriam à Renault entregar EVs a um custo menor.

O primeiro de seus novos EVs será o hatchback MeganE, que deve estar à venda no primeiro semestre de 2022.

Em 2030, a Renault e seus parceiros de aliança, Nissan e Mitsubishi, estarão produzindo 1 milhão de EVs globalmente por ano, acima dos 200.000 que fabricaram em 2020, disse a montadora francesa.

A Tesla, a montadora de automóveis mais valiosa do mundo, já está perto de atingir essa meta, com vendas entre 840.000 e 1 milhão de EVs projetadas para este ano.

Mais Recentes da CNN