Renault volta a registrar lucro no 1º semestre, mas alerta para falta de peças

No mesmo período do ano passado, a montadora teve prejuízo líquido de 7,29 bilhões de euros

Foto: Stephane Mahe/File Photo / Reuters

Eduardo Gayer, do Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

 

Depois de ser fortemente impactada pela crise da covid-19, a Renault voltou para o azul ao registrar lucro líquido de 354 milhões de euros no primeiro semestre de 2021, segundo balanço publicado nesta sexta-feira (30).

No mesmo período do ano passado, a montadora teve prejuízo líquido de 7,29 bilhões de euros. A margem operacional ficou em 2,8% – taxa que deve ser mantida pela companhia ao longo de 2021, informa o documento. A receita da empresa, por sua vez, subiu 27% no mesmo intervalo, para 23,36 bilhões de euros.

 

Apesar dos números positivos, a Renault fez alertas para a crise de peças que atinge montadoras em todo o mundo. “Os contínuos efeitos negativos da crise de componentes podem levar a uma perda de produção de cerca de 200.000 unidades ao longo do ano”, diz a montadora, que ainda fala em incertezas sobre a demanda e aumento do preço de matérias-primas.

(Com informações da Dow Jones Newswires).

Mais Recentes da CNN