Temos o dever de quitar a dívida do governo, diz relator da PEC dos Precatórios

PEC discutida pretende parcelar uma dívida de cerca de R$ 89 bilhões do governo

Cleber Souzado CNN Brasil BusinessProduzido por Jorge Fernando Rodriguesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Está marcada para esta segunda-feira (27) uma reunião da Comissão Especial dos Precatórios para discussão de um novo relatório sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Em entrevista à CNN na noite deste domingo (26), o deputado federal e relator da proposta, Hugo Motta (Republicanos-PB), afirmou que é dever da comissão melhorar o texto e quitar a dívida do governo federal.

Motta, no entanto, não estima uma data para a apresentação de um novo documento, mas afirma que há a necessidade de “avançar com rapidez” neste projeto. Segundo ele, conversas com líderes dos Poderes Legislativo, Judiciário e Executivo serão frequentes nas próximas semanas. “Precisamos ouvir todos”, afirmou.

“Nós temos o dever de não fechar os olhos para esse tema. Vamos nos reunir para que possamos apresentar soluções para o momento de instabilidade vivido no país”, disse o relator.

 

Na última sexta-feira (24), o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), realizou uma sessão extra para acelerar a votação dos Precatórios. O motivo é o fato da proposta só poder ser analisada na comissão especial depois de 10 sessões plenárias. Com isso, a sessão em questão começou às 10h e durou apenas cinco minutos.

PEC dos precatórios discutida pelos parlamentares pretende parcelar uma dívida de cerca de R$ 89 bilhões do governo. O Palácio do Planalto calcula que um total de R$ 40 bilhões desse montante tenha previsão de pagamento no orçamento do ano que vem, cumprindo a regra do teto de gastos.

Mais Recentes da CNN