Três dos sete reservatórios de SP operam abaixo de 50% de capacidade

A situação mais crítica é a do Sistema Cantareira, que fornece água para mais de oito milhões de pessoas

Paula Nobreda CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

Três dos sete reservatórios que abastecem a população da cidade de São Paulo operam com menos da metade da capacidade.

A situação mais crítica é a do Sistema Cantareira, que fornece água para mais de oito milhões de pessoas. Atualmente, o sistema opera com 36,8% de sua capacidade, nível ainda mais baixo do que operava na crise hídrica dos anos de 2013 e 2014.

Além do Cantareira, os reservatórios do Alto do Tietê e do Rio Claro também estão em situação crítica, com os níveis abaixo do 50%.

Segundo especialistas, as chuvas previstas para os próximos três meses não serão suficientes para afastar a crise hídrica em que a região sudeste vive.

As previsões para os meses de setembro, outubro e novembro indicam que há grandes chances das chuvas serem abaixo da média em grande parte do país, com exceção do oeste do estado de São Paulo e áreas mais centrais de Minas Gerais.

*Publicado por Ana Carolina Nunes

Mais Recentes da CNN