União Europeia só vai reabrir fronteiras externas em julho, diz comissária

Bloco traça planos para retomar viagens e turismo apesar da Covid-19

Comissária da União Europeia (UE) Ylva Johansson participa de coletiva na Bélgica (13.mai.2020)
Comissária da União Europeia (UE) Ylva Johansson participa de coletiva na Bélgica (13.mai.2020) Foto: Olivier Hoslet/Reuters

Reuters

Ouvir notícia

Nesta sexta-feira (5), a comissária de Assuntos Internos, Ylva Johansson, disse que a União Europeia (UE) só abrirá totalmente as fronteiras internas no final de junho e começará a suspender as restrições a viagens para fora do bloco em julho.

Em coletiva de impressa após uma videochamada entre os ministros do Interior da UE, Johansson afirmou que a maioria dos governos do bloco suspenderia o controle das fronteiras internas até 15 de junho, mas que alguns levariam até o final do mês para fazê-lo.

“Isso significa que os controles nas fronteiras internas serão suspensos até o final de junho, eu acho. Devemos considerar a suspensão gradual das restrições às viagens não essenciais à UE no início de julho”, acrescentou.

Leia também:

União Europeia traça planos para retomar viagens e turismo apesar da Covid-19

Desemprego europeu é metade do índice dos Estados Unidos; entenda o motivo

Mais Recentes da CNN