Veja quais são as profissões mais promissoras para 2022, segundo o Linkedin

Levantamento anual lista as 25 carreiras mais promissoras para 2022 e vê o setor tecnológico em disparada no país

Pandemia impulsionou a área de tecnologia no país
Pandemia impulsionou a área de tecnologia no país Foto: Arif Riyanto/Unsplash

Tamara Nassif*da CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Engenheiros de softwares, cientistas de dados e especialistas em segurança cibernética estão entre os cargos que mais devem bombar ao longo de 2022. É o que diz o levantamento anual do Linkedin divulgado nesta terça-feira (18), que lista as 25 carreiras que mais cresceram nos últimos 4 anos.

Segundo o índice, as profissões no setor de tecnologia devem seguir em alta: desde que a pandemia impulsionou a adaptação de escritórios ao modelo de trabalho remoto, a área ganhou ainda mais tração no país. Agora, empresas passaram a priorizar a experiência de usuários em redes sociais, sistemas de análise de dados e cibersegurança.

Com mais oportunidades voltadas para profissionais de TI e analistas de dados, a necessidade de recrutadores especializados em tecnologia também ganhou impulso – motivo que justifica a dianteira do cargo no ranking do Linkedin.

O que se observa, segundo Milton Beck, diretor geral do Linkedin para a América Latina, é um cenário de progressivas mudanças para o mercado de trabalho do futuro.

“Habilidades comportamentais continuam essenciais, mas vemos uma procura maior por especialização em tecnologia. Vale dizer que isso se replica em diversos países, e a necessidade de empresas por cargos nessa área aumenta ano após ano”, disse em comunicado enviado à imprensa.

Por outro lado, os Estados Unidos, de mercado mais consolidado no setor, observa uma mudança de demanda. Por lá, carreiras ligadas à diversidade, sustentabilidade, biologia molecular e especializações em vacina – pautas de ordem do dia – devem disparar em 2022.

Apesar de compor o grosso do levantamento, a área de tecnologia não é a única promissora para 2022.

Vagas em enfermaria intensivista, coordenação de vendas e experiência do consumidor também despontam no ranking. Confira abaixo:

1. Recrutador(a) especializado(a) em tecnologia
2. Engenheiro(a) de confiabilidade de sites (Site Reliability Engineer – SRE)
3. Engenheiro(a) de dados
4. Especialista em cibersegurança
5. Representante de desenvolvimento de negócios
6. Gestor(a) de tráfego
7. Engenheiro(a) de machine learning
8. Pesquisador(a) em experiência do usuário
9. Cientista de dados
10. Analista de desenvolvimento de sistemas
11. Engenheiro(a) de robótica
12. Desenvolvedor(a) Back-end
13. Gerente de engajamento
14. Gerente de equipe de produto
15. Engenheiro de QA (Quality Assurance)
16. Consultor(a) de gestão de dados
17. Líder de experiência do cliente
18. Analista de design
19. Analista de soluções
20. Analista de gestão de riscos
21. Consultor(a) de design de produto
22. Coordenador(a) de vendas internas
23. Enfermeiro(a) intensivista
24. Designer de conteúdo
25. Instrutor(a) de Agile

*Sob supervisão de Ligia Tuon.

 

Mais Recentes da CNN