Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Volkswagen prevê escassez de chips ainda persistente em 2022

    Montadoras de todo o mundo foram atingidas por falta de semicondutores devido interrupções causadas pela Covid-19 na cadeia de suprimentos

    Fábrica da Volkswagen Wolfsburg, Alemanha
    Fábrica da Volkswagen Wolfsburg, Alemanha Swen Pfoertner/Pool via REUTERS

    Por Jan Schwartz e Emma Thomasson, da Reuters

    Ouvir notícia

    A montadora alemã Volkswagen espera um impacto contínuo da escassez de semicondutores este ano, embora avalie ser capaz de aumentar a produção no segundo semestre, disse o presidente-executivo Herbert Diess nesta quarta-feira (16).

    “A situação da oferta está melhorando, mas mesmo em 2022 não poderemos montar todos os carros que poderíamos vender. Mas enxergamos oportunidades para novos aumentos de produção, especialmente no segundo semestre”, disse Diess em um discurso.

    As montadoras de todo o mundo foram atingidas por uma escassez de semicondutores devido interrupções causadas pela Covid-19 na cadeia de suprimentos, bem como pela crescente demanda de semicondutores em empresas de eletrônicos de consumo.

    A Volkswagen disse no início de fevereiro que o trabalho noturno em Wolfsburg seria cortado em algumas linhas de produção por causa da falta de chips. Diess disse que ajustes de capacidade também seriam necessários no médio prazo.

    Diess disse que o fornecimento de chips é o único grande desafio no momento, com os principais modelos de suas marcas premium já esgotados para todo 2022, enquanto seus negócios de caminhões também têm carteiras de pedidos bem preenchidas.

     

    Mais Recentes da CNN