Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    BCE eleva projeções de inflação e prevê preços acima da meta até 2025

    Índice inflacionário na zona do euro entrou em território de dois dígitos no ano passado, mas caiu quase pela metade desde então

    da Reuters

    O Banco Central Europeu (BCE) revisou para cima suas projeções de inflação para os próximos três anos nesta quinta-feira (14), e disse que prevê que o crescimento dos preços fique acima de sua meta de 2% até o final de 2025.

    O BCE elevou suas projeções de inflação para 2023 e 2024, excluindo energia e alimentos voláteis, medida que o banco acompanha de perto, citando surpresas de alta anteriores e as implicações de um mercado de trabalho robusto para a velocidade da desinflação.

    A inflação na zona do euro entrou em território de dois dígitos no ano passado, mas caiu quase pela metade desde então, mesmo que o crescimento dos preços permaneça desconfortavelmente alto, principalmente para alimentos e serviços.

    Embora as projeções que mostram a inflação na meta normalmente signifiquem uma pausa nos aumentos dos juros, o BCE subestimou a alta dos preços por anos e algumas autoridades questionam abertamente a confiabilidade de suas previsões, dado o histórico ruim.

    As autoridades também disseram que o BCE deveria errar em apertar muito a política monetária, em vez de pouco, porque uma pausa precoce significaria ter que manter a política monetária apertada por mais tempo.

    Essa é uma das razões pelas quais o banco aumentou os juros pela oitava vez consecutiva nesta quinta-feira, elevando sua taxa de depósito de referência para 3,5%, a mais alta em 22 anos.

    O BCE também cortou ligeiramente sua projeção de crescimento para este ano depois que dados revisados ​​mostraram que o bloco mergulhou em uma recessão superficial na virada do ano, e indicadores mais recentes apontaram para uma produção manufatureira fraca.

    A seguir estão as projeções do BCE para inflação e crescimento econômico respectivamente em 2023, 2024 e 2025. As projeções anteriores de março estão entre parênteses.

    Crescimento do PIB: 0,9% (1,0%) 1,5% (1,6%) 1,6% (1,6%)

    Inflação: 5,4% (5,3%) 3,0% (2,9%) 2,2% (2,1%)