Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bitcoin cai mais de 3% com cautela do mercado antes de decisão de juros nos EUA

    Expectativa atual do mercado é que o Federal Reserve elevem os juros norte-americanos em 0,75 ponto percentual

    Ether, segundo principal criptoativo do mercado, perdia ainda mais que o bitcoin
    Ether, segundo principal criptoativo do mercado, perdia ainda mais que o bitcoin Dado Ruvic/Ilustração/Reuters

    João Pedro Malardo CNN Brasil Business*

    em São Paulo

    O bitcoin opera em queda nesta segunda-feira (19), com os criptoativos sendo prejudicados por uma aversão a riscos no mercado enquanto investidores aguardam a decisão de juros nos Estados Unidos, que será anunciada na quarta-feira (21).

    Por volta das 15h20, a maior criptomoeda do mundo recuava 3,96%, cotada a US$ 18.967. O ether, segundo principal criptoativo do mercado, perdia ainda mais, caindo 7,48%, aos US$ 1.330.

    A expectativa atual do mercado é que o Federal Reserve elevem os juros norte-americanos em 0,75 ponto percentual. O movimento seria o terceiro consecutivo nessa magnitude desde o início do ciclo de alta, em março.

    Entretanto, o mercado passou a projetar uma postura mais agressiva após um dado de inflação de agosto que veio acima do esperado. Com isso, ganharam força apostas de um ciclo mais duro, com altas maiores em novembro e dezembro.

    O cenário de juros maiores é positivo para a renda fixa dos Estados Unidos, com os títulos do Tesouro (Treasuries) atraindo mais investimentos pela combinação de rentabilidade maior e segurança.

    Por outro lado, ativos considerados mais arriscados tendem a perder investimentos nessa migração. Entre eles, estão os criptoativos, associados a uma alta volatilidade pelo mercado. Nos últimos meses, o bitcoin tem rondado a casa entre US$ 20 mil e US$ 25 mil, refletindo o cenário econômico adverso.

    A principal novidade do setor de criptoativos nos últimos dias foi a atualização do Ethereum, blockchain que sustenta a criptomoeda ether. Pela atualização, as transações realizadas em ether reduziram o uso de energia, que pode ser 99% menor.

    Entretanto, o presidente da Securities and Exchange Commission (SEC, órgão que regula o mercado de capitais dos Estados Unidos), Gary Gensler, sugeriu que a nova estrutura pode gerar uma regulamentação extra, o que prejudicou a criptomoeda.

    Para Kelly Chia, analista de Pesquisa de Ações na Ásia da Julius Baer, “o bitcoin provavelmente manterá seu lugar de peso entre os ativos digitais e é improvável que transite para um mecanismo de consenso PoS [Proof of Stake]”, se referindo ao novo modelo do Ethereum.

    *Com informações da Reuters