Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Wall Street fecha em queda, após Powell sinalizar retomada do aperto monetário do Fed

    Às 11:07 (de Brasília), Dow Jones caía 0,49%, S&P 500 perdia 0,40% e Nasdaq Composite reduzia 0,56%

    Operadores na Bolsa de Nova York
    Operadores na Bolsa de Nova York Reuters/Brendan McDermid

    Do Estadão Conteúdo

    Por Shubham Batra e Johann M Cherian, da Reuters

    As bolsas de Nova York fecharam em queda nesta quarta-feira (21) após o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, sinalizar retomada do aperto monetário adiante.

    O apoio do presidente da distrital de Atlanta, Raphael Bostic, a pausa permanente na escalada juros chegou a moderar as perdas, mas a pressão sobretudo em papéis de tecnologia prevaleceu no fim.

    No ajuste de fechamento, o Dow Jones caiu 0,30%, a 33.951,52 pontos; o S&P 500 perdeu 0,52%, a 4.365,69 pontos; e o Nasdaq cedeu 1,21%, a 13.502,20 pontos.

    “Quase todos os participantes do FOMC [Comitê Federal de Mercado Aberto] esperam que seja apropriado aumentar um pouco mais as taxas de juros até o final do ano”, afirmou Powell, em audiência na Câmara dos Representantes.

    Os comentários ampliaram a aposta no mercado de que o Fed subirá a taxa dos Fed Funds em julho e a preservará acima do nível atual (entre 5,00% e 5,25%) pelo menos até o fim do ano. No mesmo horário, os diretores Lisa Cook e Philip Jefferson chamaram atenção para a persistência da inflação em sessão no Senado. Dessa forma, houve uma piora no sentimento imediatamente após o início do discurso.

    À tarde, no entanto, Bostic expressou apoio à manutenção dos juros no nível de agora pelo restante do ano, o que atenuou as perdas nos negócios – ainda que o dirigente não tenha direito a voto nas reuniões deste ano do FOMC.

    Apesar disso, os negócios voltaram a se deteriorar na reta final do pregão, diante das perdas de techs. Tesla caiu 5,46%, depois de ter acumulado ganhos fortes recentes. Alvo de processo de regulador nos EUA, Amazon cedeu 0,76%. Já Alphabet baixou 2,07% e Nvidia, 1,74%.