Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil chegará ao final de 2023 com inflação dentro da meta, diz ministro

    IPCA fechou outubro com alta acumulada em 12 meses de 4,82%

    O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha
    O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha 20/04/2023 - REUTERS/Ueslei Marcelino

    Da CNN*

    O ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, disse nesta terça-feira (28) que o país chegará ao final de 2023 com a inflação dentro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e gerando empregos.

    A declaração foi dada em discurso em evento da Frente Nacional de Prefeitos, em Brasília.

    A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) fechou outubro com alta acumulada em 12 meses de 4,82%, patamar acima da meta de inflação, que é de 3,25% para este ano com tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos.

    Porém, para especialistas ouvidos pela CNN a inflação de outubro tem uma trajetória otimistas e que ainda deve reforçar o ciclo de queda na taxa Selic para 9,5% no próximo ano.

    “A nossa visão que a Selic pode caminhar para 9,5% ano que vem é reforçada pela trajetória de queda gradual da inflação”, avalia Marcelo Toledo, economista-chefe da Bradesco Asset.

    “O resultado do IPCA, principalmente quando a gente olha os núcleos, dessa inflação limpa de ruídos, ela dá uma tranquilidade para que o Banco Central de fato progrida no corte de juros”, avalia Toledo.

    *Com informações de Reuters

    Veja também: Mercado reduz previsão de inflação de 2023 para 5,71%