Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Com saída líquida de R$ 5,8 bilhões, resgates na poupança caem em setembro

    No mês, os rendimentos creditados nas contas de poupança somaram R$ 6,1 bilhões

    Saldo líquido para o mês foi um resultado de R$ 306,1 bilhões em depósitos na poupança, enquanto o contingente de retiradas foi de R$ 311,9 bilhões
    Saldo líquido para o mês foi um resultado de R$ 306,1 bilhões em depósitos na poupança, enquanto o contingente de retiradas foi de R$ 311,9 bilhões Tirelire_Avenue/Pixabay

    Cristiane Nobertoda CNN

    Brasília

    O Banco Central (BC) informou que o saldo de retirada líquida das contas poupança dos brasileiros chegou a R$ 5,8 bilhões em setembro. Em agosto, os resgates atingiram os R$ 10 bilhões.

    Em setembro, os rendimentos creditados nas contas de poupança somaram R$ 6,1 bilhões.

    No acumulado dos nove primeiros meses do ano, os resgates superaram os depósitos na poupança em R$ 86,12 bilhões. Esse foi o segundo maior valor de saída líquida de recursos entre janeiro e setembro desde o início da série histórica do BC, em 1995. Na época, foi registrada saída de R$ 91,07 bilhões.

    Segundo os dados da autoridade monetária, publicados nesta sexta-feira (6), o saldo líquido para o mês foi um resultado de R$ 306,1 bilhões em depósitos na poupança, enquanto o contingente de retiradas foi de R$ 311,9 bilhões.

    O saldo registrado em setembro é cerca de 42% menor que o registrado em agosto, quando os brasileiros retiraram R$ 4,239 bilhões a mais do que depositaram nas poupanças.