Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Enjoei anuncia compra da plataforma Elo7, da norte-americana Etsy, para expandir negócios

    Valor da aquisição não foi divulgado

    Divulgação/ Enjoei

    Da CNN*

    São Paulo

    A Enjoei (ENJU3), site de vendas que funciona como um brechó digital, anunciou a compra da plataforma de artesanato Elo7, da norte-americana Etsy, por valor não revelado, segundo fato relevante divulgado nesta terça-feira (18).

    As ações do brechó online disparavam cerca de 15% após o anúncio.

    Segundo a Enjoei, a Elo7 é a maior plataforma de produtos autorais do Brasil, acumulando Volume Bruto de Mercadoria (GMV, na sigla em inglês) de R$ 500 milhões no ano passado, em 3,6 milhões de transações.

    A companhia ainda conta com 1,6 milhão de compradores ativos e 50 mil vendedores.

    “A plataforma conecta vendedores de produtos artesanais únicos e personalizados a compradores que buscam produtos com significado, e a aquisição permite expandir a base de vendedores profissionais do Enjoei, acelerando a expansão do nosso negócio”, afirma o comunicado.

    A Enjoei ainda declara que, além de expandir a base de vendedores, o negócio permitirá alavancagem operacional, mais receita, otimização de custos e diluição das despesas, além de reforçar o portfólio de produtos.

    “A Operação resulta em um inventário combinado significativamente maior, deixando o ecossistema mais forte e interessante para os compradores”.

    O comunicado ainda ressalta que as plataformas vão continuar operando com marcas independentes, “aproveitando ganhos de sinergia em tecnologia, logística e operações, beneficiando o resultado do grupo, bem como garantindo melhor nível de serviço aos usuários.”

    A Enjoei afirma que o preço do negócio não implica em necessidade de aprovação de assembleia de acionistas da companhia, tendo em vista que o valor a ser pago não supera nenhum dos critérios das bases legais.

    Na avaliação dos analistas de varejo da XP, o negócio abre uma nova avenida de crescimento para a empresa, focada em produtos artesanais, além da expansão da base de vendedores profissionais e alavancagem operacional.

    “Embora não tenhamos mais detalhes sobre o negócio e os números do Elo7, vemos a transação como positiva, uma vez que deve acelerar o ENJU e também adicionar uma nova via de crescimento, a um valuation aparentemente atraente”, afirma o relatório da instituição.

    *Publicado por Luiza Palermo, com informações de Reuters