Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Febraban diz que BNDES passa a integrar quadro de associados

    Em nota, Febraban confirmou que pedido de ingresso formalizado pelo banco será referendado pela federação

    Com a entrada, o BNDES passará a fazer parte das instâncias consultivas e deliberativas da Febraban
    Com a entrada, o BNDES passará a fazer parte das instâncias consultivas e deliberativas da Febraban Fernando Frazão/Agência Brasil

    Matheus Piovesana, do Estadão Conteúdo

    O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) passará a integrar o quadro de associados da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A entrada, que era pleiteada pelo novo presidente do banco, Aloizio Mercadante, leva uma instituição de fomento à entidade que representa os maiores bancos do país.

    “O BNDES, como agência de fomento mais importante do país e instituição financeira com características próprias, sem paralelo no sistema bancário brasileiro, formalizou o pedido de ingresso, que será referendado pela governança da Febraban”, afirmou em nota o presidente da Federação, Isaac Sidney.

    Com a entrada, o BNDES passará a fazer parte das instâncias consultivas e deliberativas da Febraban, em que estão representados os mais de 100 bancos associados à entidade.

    O banco público de fomento, que é um dos maiores do país em capitalização, tem relacionamento com os maiores bancos comerciais como repassador: em empréstimos a pequenas e médias empresas (PMEs), por exemplo, faz o repasse de recursos às instituições, que fazem o empréstimo ao cliente final.

    Semanas atrás, Mercadante disse, em reunião do conselho da Febraban, que desejava levar o BNDES à entidade para ampliar o diálogo com os bancos parceiros.

    Um dos intuitos é o de discutir possíveis mudanças na Taxa de Longo Prazo (TLP), para suavizar a volatilidade do indexador para determinados públicos.