Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Presidente da Apas pede a governadores que não aumentem alíquotas do ICMS

    Lopes falou também sobre as dificuldades do setor e citou a dificuldade de preencher as 30 mil vagas de empregos abertas nos supermercados.

    Elevação do ICMS terá um impacto nos supermercados e nos consumidores.
    Elevação do ICMS terá um impacto nos supermercados e nos consumidores. 11/01/2017REUTERS/Paulo Whitaker

    Agência Estado

    Francisco Carlos de Assis, do Estadão Conteúdo

    O presidente da Associação Paulista de Supermercados (Apas), Pedro Lopes, pediu nesta segunda-feira (13) aos governadores que voltem atrás na intenção de elevar a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que abrangerá também o setor e, por consequência, os consumidores.

    O ICMS é um imposto estadual e o pedido do presidente da Apas foi dirigido ao governador em exercício do Estado de São Paulo, Felício Ramuth, presente à abertura da Apas Show, ao lado do vice-presidente da República, Geraldo Alckmin, e do ministro do Empreendedorismo, Márcio França.

    Lopes falou também sobre as dificuldades do setor e entre elas citou a dificuldade dos supermercados para preencherem as 30 mil vagas de empregos abertas no setor.

    “Temos 30 mil vagas abertas no setor supermercadistas e não conseguimos preenchê-las por causa da falta de qualificação e por questões sociais”, disse Lopes.