Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Gastos mensais com cães são o dobro das despesas com gatos, aponta pesquisa

    Segundo o Instituto Pet Brasil, cuidar de cachorros pode gastar até 44% do salário mínimo dos brasileiros

    Gasto mensal do brasileiro com cachorros foi, em média, de R$ 408,76 no ano passado; com gatos, R$ 200,19
    Gasto mensal do brasileiro com cachorros foi, em média, de R$ 408,76 no ano passado; com gatos, R$ 200,19 Pexels

    Soraya LauandNathalia Barbosada CNN

    em São Paulo

    O custo médio mensal para cuidar de cachorros no Brasil é 104% maior do que os gastos com gatos, podendo atingir 44% do salário mínimo.

    Esta é uma das conclusões do mais novo levantamento sobre o gasto mensal com animais de estimação realizado pelo Instituto Pet Brasil (IPB).

    O estudo mostra que o gasto mensal do brasileiro com cachorros foi, em média, de R$ 408,76 no ano passado (pouco mais de um terço do salário mínimo vigente, que é de R$ 1.212). Esse valor pode mudar de acordo com o porte do animal.

    Já o gasto médio com gatos ficou em R$ 200,19, menos da metade do valor médio para cães.

    Para Nelo Marraccini, presidente do Conselho Consultivo do Instituto Pet Brasil, o impacto dos animais de estimação na renda mensal é um dos motivos pelos quais o número de felinos tem crescido mais do que o de caninos nos lares brasileiros.

    De acordo com o Censo Pet IPB, divulgado em junho, o Brasil encerrou 2021 com 149,6 milhões de animais de estimação.

    Os cães lideram o ranking, com 58,1 milhões de indivíduos, seguidos de aves canoras (41 milhões) e gatos (27,1 milhões).

    Os felinos, porém, são a espécie com crescimento mais acelerado (e recorde) em um ano (6%), ante 4% dos cães e 1,5% das aves.