Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Gol tem lucro de R$ 230,9 mi no 4º trimestre, ante prejuízo de R$ 2,8 bi um ano antes

    Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) recorrente do período foi de R$ 1,17 bilhão, avanço sobre os cerca de R$ 249 milhões obtidos um ano antes

    da Reuters

    A companhia aérea Gol teve lucro líquido de R$ 230,9 milhões no quarto trimestre do ano passado, revertendo resultado negativo de R$ 2,8 bilhões sofrido um ano antes, segundo balanço divulgado nesta quarta-feira.

    A empresa, que informou mais cedo que adiou até 28 de março a divulgação dos números auditados do período, informou que a geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) recorrente do período foi de R$ 1,17 bilhão, avanço sobre os cerca de R$ 249 milhões obtidos um ano antes.

    Analistas, em média, esperavam que a Gol anunciasse prejuízo líquido de R$ 484,75 para o quarto trimestre com Ebitda de R$ 876,8, segundo dados da Refinitiv.

    A Gol afirmou que as informações do balanço divulgado nesta quarta-feira “ainda se encontram em processo de revisão pelos auditores independentes” e que não espera que ajustes sejam necessários mais adiante.

    O balanço foi publicado alguns dias depois que a rival Azul anunciou que teve prejuízo ajustado de R$ 610,5 milhões no quarto trimestre, com Ebitda em alta de cerca de 7%, a R$ 1,1 bilhão.

    “A combinação de maior produtividade com forte demanda turística resultou em uma melhora significativa nas margens operacionais durante o quarto trimestre”, informou a Gol no balanço.

    Nos três últimos meses do ano passado, o yield, indicador que mede preços de passagens aéreas, subiu quase 25% sobre o quarto trimestre de 2021 e o número de passageiros pagantes transportados avançou 18,6% na mesma comparação. Enquanto isso, o custo medido pelo indicador Cask recorrente, excluindo combustível, teve redução de 17,4%, a pontualidade recuou 7,5 pontos percentuais e a regularidade caiu 1,1 ponto, segundo o balanço.

    A Gol terminou dezembro com liquidez total de 4,1 bilhões de reais, alta de 13% sobre um ano antes, e alavancagem em ligeira queda, passando de 9,7 vezes para 9,5 vezes.

    Mas, incluindo os efeitos do refinanciamento anunciado no início deste mês, a alavancagem da Gol estimada para o final deste ano seria de 5,8 vezes.

    A companhia afirmou que espera margem Ebitda de 24% neste ano. No quarto trimestre, a empresa teve margem recorrente de 24,7%. A Gol também reduziu projeção de investimento em 2023 de R$ 700 milhões para R$ 600 milhões.