Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Conab eleva previsões para soja e milho e cita perdas de arroz no RS

    A safra de soja 2023/24 foi estimada em 147,68 milhões de toneladas e produção total de milho em 111,63 milhões

    Conab: fortes chuvas no Rio Grande do Sul tiveram impactos negativos para a produção total de grãos e oleaginosas do país
    Conab: fortes chuvas no Rio Grande do Sul tiveram impactos negativos para a produção total de grãos e oleaginosas do país 3/04/2024REUTERS/Diego Vara

    Reuters

    da Reuters

    A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elevou nesta terça-feira (14) suas previsões para as safras de soja e milho do Brasil 2023/24 por ajustes de área cultivada, mas apontou impactos negativos das fortes chuvas no Rio Grande do Sul para a produção total de grãos e oleaginosas do país, com perdas no arroz e menor produtividade da soja.

    No novo levantamento, a safra de soja 2023/24 foi estimada em 147,68 milhões de toneladas, ante 146,52 milhões de toneladas previstas no mês passado. Já para o milho, a produção total foi projetada em 111,63 milhões de toneladas, contra 110,96 milhões da estimativa anterior.

    Em relação à situação das lavouras no Rio Grande do Sul, o presidente da estatal, Edegar Pretto, afirmou que ainda não é possível ter precisão das perdas para o setor no Estado.

    “Os níveis de água estão elevados e o acesso às propriedades é difícil, impossibilitando que se faça uma avaliação mais detalhada”, disse, em nota.

    No caso do arroz, a Conab afirmou que os prejuízos no Estado ainda estão sendo mensurados, mas que pelo menos 8% da área gaúcha para a cultura registrará perdas devido às volumosas chuvas.