Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Consultoria estima que royalties poderão ampliar PIB do AP em pelo menos 6 vezes

    Valor é o resultado da previsão de que serão produzidos pelo menos 1,1 milhão de barris de petróleo por dia na região

    Exploração de petróleo na Margem Equatorial é apontada como possível oportunidade para o Amapá melhorar indicadores sociais e econômicos
    Exploração de petróleo na Margem Equatorial é apontada como possível oportunidade para o Amapá melhorar indicadores sociais e econômicos Djalma Sena

    Caio Junqueira

    O especialista CNN em energia Adriano Pires estima que o pagamento de royalties da exploração de petróleo ao estado do Amapá irá gerar US$ 3,39 bilhões por mês em uma estimativa conservadora.

    De acordo com ele, o valor é o resultado da previsão feita por ele de que serão produzidos pelo menos 1,1 milhão de barris por dia.

    Esses US$ 3,39 bilhões, de acordo com a legislação brasileira, seriam divididos entre União (30%), Estado produtor (27%), Municípios produtores (34%) e o Fundo Especial (9%).

    Logo, 61% dos royalties iriam para o Amapá, o que configuraria um valor de US$ 2 bilhões mensais a serem divididos entre o Estado e os municípios produtores.

    Em uma conversão em reais mais atualizada, esse valor totalizaria cerca de R$ 10 bilhões mensais. De acordo com o IBGE, o PIB do estado em 2021 foi de R$ 20,1 bilhões anuais. No ranking nacional, o Amapá está a frente apenas de Roraima.

    A CNN publica nesta semana a série especial Petróleo na Amazônia. Confira aqui as reportagens.