Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Demanda interna respondeu por 2 pontos porcentuais da alta no PIB em 2022

    Setor externo contribuiu com 0,9 ponto porcentual

    Daniela Amorim e Vinicius Neder, do Estadão Conteúdo

    A alta de 2,9% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2022 foi impulsionada pela demanda interna, que respondeu por 2 pontos porcentuais do crescimento da economia no ano.

    Os dados são das Contas Nacionais apuradas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou nesta quinta-feira (2) o desempenho do PIB.

    “Dentro dessa demanda interna obviamente teve maior peso o Consumo das Famílias”, lembrou Rebeca Palis, coordenadora de Contas Nacionais do IBGE.

    O setor externo contribuiu com 0,9 ponto porcentual para a alta do PIB em 2022.

    “O setor externo contribuiu positivamente. A gente teve a exportação de bens e serviços crescendo mais que a importação”, concluiu Rebeca.