Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Magalu tem valorização de quase R$ 9 bilhões após caso Americanas

    De acordo com levantamento da TradeMap, varejista de Franca passou de R$ 20,2 bilhões para R$ 29,04 bilhões em valor de mercado

    Magalu valorizou 43,5% nas últimas duas semanas
    Magalu valorizou 43,5% nas últimas duas semanas Foto: Divulgação

    Diego Mendesda CNN

    São Paulo

    A Magazine Luiza viu seu preço de mercado subir R$ 8,8 bilhões, desde o dia em que foi divulgado o fato relevante da Americas apontando o rombo de R$ 20 bilhões em suas contas até esta quarta-feira (25).

    Segundo levantamento da TradeMap encomendado pela CNN, desde o dia 11 de janeiro, data em que o presidente da empresa, Sergio Rial, renunciou ao cargo, a Magalu valorizou 43,5%. Passou de R$ 20,2 bilhões para R$ 29,04 bilhões em valor de mercado.

    Já  a Americanas, em 11 de janeiro, valia R$ 10,8 bilhões. Na quarta-feira (25) caiu para R$ 848 milhões, ou seja, desvalorização de 92,1%. A empresa perdeu R$ 9,9 bilhões do seu valor.

    A Via, dona da Casas Bahia, Extra.com.br, e Pontofrio.com — empresa do mesmo setor — também registrou queda no valor de mercado de 5,38% no período. Em 11 de janeiro valia R$ 4,1 bilhões e foi para R$ 3,8 bilhões neste dia 25.

    Varejistas na B3

    Nesta quarta-feira, a alta da Magalu chegou a 6,38% (R$ 4,67) na máxima do dia. Porém, os ativos diminuíram os ganhos e fecharam a sessão em queda de 0,91%, a R$ 4,35.

    No mesmo dia, a Americanas apresentou o pedido de reconhecimento de processo de recuperação judicial nos Estados Unidos, conhecido como “Chapter 15”, de acordo com documento judicial. Os papéis da empresa em recuperação judicial apresentou leve alta, indo de R$ 0,84 na abertura e fechando em R$ 0,94.

    A Via se manteve estável, mas também registrou perdas ao longo do dia. O preço das ações abriu em R$ 2,50, mas fechou em R$ 2,46.