Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mesmo com coronavírus, Abecs espera que setor de cartões cresça em 2020

    Meio de pagamento vem sendo movimentado por "compras não presenciais", já que o comércio permanece fechado em boa parte do país

    Retomada do ritmo da atividade do varejo e serviços reflete na indústria de pagamentos, diz Abecs
    Retomada do ritmo da atividade do varejo e serviços reflete na indústria de pagamentos, diz Abecs Foto: Marcos Santos/USP Imagens (04.07.2013)

    A indústria brasileira de cartões ainda deve ter crescimento modesto em 2020, mesmo com a forte recessão do país diante do impacto econômico da pandemia do coronavírus, estimou nesta quarta-feira (27) a entidade que representa o setor, Abecs.

    Segundo o presidente da instituição, Pedro Coutinho, indicadores setoriais do varejo e de serviços já têm sinalizado retomada do ritmo de atividade desde abril, o que tem se refletido na indústria de pagamentos.

    Esse movimento, explicou, vem sendo liderado pelos chamados pagamentos não presenciais com cartões, uma vez que as medidas de isolamento social têm mantido fechadas milhares de lojas pelo país e levado os consumidores a compras online.

    Clique aqui para acessar a página do CNN Business no Facebook

    Tópicos

    Tópicos