Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ações da Nvidia superam US$ 1 mil pela primeira vez após receita recorde

    Papéis encerraram com alta de 9,3%, mas movimento não impediu queda da Nasdaq

    Logo da Nvidia em sua sede em Santa Clara, Califórnia
    Logo da Nvidia em sua sede em Santa Clara, Califórnia Maio de 2022. NVIDIA/Divulgação via REUTERS

    Da CNN

    São Paulo

    As ações da Nvidia dispararam quase 10% nesta quinta-feira (23) e ultrapassaram o valor de US$ 1 mil (cerca de R$ 5,1 mil na cotação atual) pela primeira vez.

    O desempenho foi impulsionado pelos resultados do primeiro trimestre publicados na véspera. A companhia de tecnologia reportou avanço recorde de 262% na receita, a US$ 26 bilhões (R$ 134 bilhões), na comparação com o mesmo período do ano passado.

    Os papéis da companhia fecharam o pregão com alta de 9,32%, a US$ 1.037 (R$ 5.340). Os papéis somam alta de 115% desde o início do ano, e em 12 meses o salto é de 238%

    A disparada, porém, não foi suficiente para segurar a Nasdaq — a bolsa em Wall Street que concentra ações de tecnologia —, que encerrou com perda de 0,39% em meio temores dos investidores de atraso dos cortes nos juros pelo Federal Reserve (Fed) após novos dados do mercado de trabalho.

    Segundo dados do balanço, o lucro operacional da empresa saltou 690% no ano, para US$ 16,9 bilhões (R$ 87,5 bilhões). Enquanto isso, o lucro líquido da empresa foi de US$ 14,88 bilhões (R$ 77,2 bilhões), alta de 628%.

    O lucro dividido entre as ações foi de US$ 5,98 (R$ 30,79) no primeiro trimestre, ante US$ 4,93 (R$ 25,38) no anterior e US$ 0,82 (R$ 4,22) no ano passado.

    A Nvidia ainda divulgou um aumento de 150% em seus dividendos, de US$ 0,04 (R$ 0,20) por ação para US$ 0,10 (R$ 0,51). O valor será pago no dia 28 de junho.

    Desdobramento de ações

    Junto da divulgação do resultado, a Nvidia informou que vai realizar um desdobramento de ações. Essa é uma medida utilizada pelas empresas para baratearem suas ações ao aumentarem a oferta.

    A companhia de tecnologia vai realizar um desdobramento de 10 por um de seus papéis ordinários para, segundo a empresa, torná-los mais “acessíveis a funcionários e investidores”.

    Cada detentor de registro de ações ordinárias no fechamento do dia 6 de junho de 2024, receberá nove ações ordinárias adicionais, que serão distribuídas após o fechamento do dia seguinte.