Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Raízen reverte lucro em prejuízo de R$ 178 mi no 4º tri do ano-fiscal 2023/24

    A empresa havia registrado lucro de R$ 2,52 bilhões em igual intervalo da safra anterior

    Balanço: o resultado operacional medido pelo Ebitda ficou positivo em R$ 3,686 bilhões
    Balanço: o resultado operacional medido pelo Ebitda ficou positivo em R$ 3,686 bilhões Mariangela Ctr

    Agência Estado

    Leandro Silveira, do Estadão Conteúdo

    A Raízen registrou prejuízo líquido ajustado de R$ 178 milhões no quarto trimestre do ano-fiscal 2023/24, que compreende o período entre 1º de janeiro e 31 de março de 2024, e reverteu o lucro de R$ 2,52 bilhões que havia sido registrado em igual intervalo da safra anterior. O prejuízo líquido sem ajustes do período foi de R$ 879 milhões, ante lucro de R$ 2,663 bilhões de igual intervalo de 2022/2023.

    A receita líquida da Raízen caiu 2,3% na base anual, de R$ 54,967 bilhões de janeiro a março de 2023 para R$ 53,685 bilhões no período de 2024. O resultado operacional medido pelo Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou positivo em R$ 3,686 bilhões, queda de 37,7% ante R$ 5,913 bilhões de igual trimestre do ano anterior, em valores ajustados.

    A alavancagem fechou o trimestre em um múltiplo de 1,3 vez a relação de dívida líquida pelo Ebitda dos últimos 12 meses, ante igual resultado no quarto trimestre do exercício de 2022/2023. O capex do trimestre totalizou R$ 4,961 bilhões, avanço de 19,9% ante os R$ 4,138 bilhões de 2022/23.

    Acumulado de 2022/23

    No acumulado do ano fiscal, a Raízen registrou lucro líquido ajustado de R$ 1,284 bilhão, queda de 66,8% ante ganho de R$ 3,865 bilhões do ano anterior. A receita líquida caiu 10,3% na base anual, de R$ 245,83 bilhões para R$ 220,454 bilhões. Na mesma base de comparação, o Ebitda ajustado ficou positivo em R$ 14,608 bilhões, queda de 4,4% ante R$ 15,285 bilhões do ano anterior. O capex do ciclo totalizou R$ 12,076 bilhões, avanço de 13,3% ante os R$ 10,657 bilhões de 2022/23.
    S