Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Produção de algodão do Brasil deve crescer 18% em 2022/23, diz associação

    Área de plantio também crescerá, mas em proporção menor, com aumento de 1,3% para 1,658 milhão de hectares

    Até o final de novembro, os Estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia haviam iniciado o plantio da fibra
    Até o final de novembro, os Estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia haviam iniciado o plantio da fibra REUTERS/Randall Hill

    da Reuters

    A safra de algodão 2022/23 do Brasil, que está sendo semeada, deve alcançar 2,946 milhões de toneladas de pluma, avanço de 18% em relação ao ciclo anterior, diante de expectativas de melhor produtividade para a cultura, disse nesta segunda-feira (5) a associação nacional do setor Abrapa.

    A área de plantio também crescerá, mas em proporção menor, com aumento de 1,3% para 1,658 milhão de hectares.

    Até o final de novembro, os Estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Bahia haviam iniciado o plantio da fibra.

    Os dados foram apresentados durante evento em São Paulo, quando também foi feito o anúncio oficial da chegada de Alexandre Pedro Schenkel para a presidência da Abrapa no biênio de 2023/2024.