Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Varejo deve criar 47,5 mil novos postos de trabalho no 4º tri, diz FecomercioSP

    Mensalmente, estão sendo geradas quase 15 mil novas vagas pelo setor comercial

    Reflexo positivo com relação a demanda de novos postos pode ser associado ao momento de deflação
    Reflexo positivo com relação a demanda de novos postos pode ser associado ao momento de deflação Marcelo Camargo/Agência Brasil

    Renata Leite, especial para a AE, do Estadão Conteúdo

    O varejo paulista projeta que cerca de 47,5 mil postos de trabalho com carteira assinada serão criados no último trimestre do ano. Segundo a Pesquisa de Emprego no Estado de São Paulo (Pesp), da Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o número de criação de vagas deve ser semelhante ao mesmo período de 2021, ou seja, na marca de 47.472 mil empregos celetistas gerados no estado.

    Mensalmente, estão sendo geradas quase 15 mil novas vagas pelo setor comercial (varejista, atacadista e comércio e reparação de veículos), de acordo com a FecomercioSP.

    A expectativa para os últimos três meses do ano é de aceleração do ritmo de criação de empregos no varejo, para atender à demanda que se aquece por causa das tradicionais datas comemorativas, especialmente em outubro e novembro.

    O reflexo positivo com relação a demanda de novos postos pode ser associado ao momento de deflação, o avanço do crédito e a queda do desemprego no Brasil neste ano, segundo a FecomercioSP.